Como afinar o violão corretamente?

afinar o violão

Nada pode soar tão irritante quando uma corda de violão desafinada, não é mesmo? Certamente, todo mundo concorda que tocar músicas com o instrumento dessa forma deixa qualquer performance a desejar!

Por esse motivo, aprender como afinar o violão é uma das tarefas mais básicas para todo o iniciante. E como nem sempre alguém estará por perto para ajudar, aprender a se virar sozinho se transforma em obrigação.

Para te ajudar nesse processo, separamos algumas das principais formas de fazer isso. Confira abaixo!

Como afinar o violão:

Reconhecendo as notas

A afinação padrão segue uma ordem pré-definida, onde a corda mais grave e grossa fica no topo (ao segurar o instrumento na posição certa de tocar). Portanto, siga essa ordem: E (Mi), A (Lá), D (Ré), G (Sol), B (Si), E (Mi).

Feito isso, dê uma conferida em cada cavilha de afinação. Para não se confundir, siga corda por corda para achar a cavilha correspondente. Girando elas que você encontrará o ajuste ideal para o violão.

Afinador digital

Sem dúvida um dos métodos mais utilizados por violonistas iniciantes. Esses programas ou aplicativos ouvem o som das cordas e respondem dizendo se elas devem ser afrouxadas ou apertadas.

Geralmente funciona de forma eficaz com algum estímulo visual, ou seja, com uma indicação apontando o quanto a corda está ou não afinada.

Dessa forma, mesmo com pouca experiência é possível fazer uma afinação bacana com os afinadores digitais. No entanto, quando estiver testando um, sempre dê preferência por programas de confiança!

E vale lembrar que outros instrumentos podem substituir esse aparelho. Você pode usar um piano ou um trompete, por exemplo.

Ajustando as cordas

Em seguida, comece a tocar corda por corda e veja o que o afinador digital indica. Caso estiver muito alta (sustenida), gire a cavilha deixando-a mais frouxa. Se estiver baixa (bemol), aperte um pouco mais. Lembre-se que a afinação mais alta se dá pela tensão na corda.

Normalmente, a corda B deverá ser afinada delicadamente em sustenido para que o instrumento fique com um som perfeito. Preste atenção nessa parte!

Então, depois que fizer isso e achar que está tudo ok, dedilhe ou toque algumas notas para fazer um teste. Uma sugestão é tocar algum acorde em posição primária (como o de G – Sol) para conferir a sonoridade.

Principais cuidados

Afine do bemol ao sustenido. Não faça o inverso. Essa é a melhor forma porque as chances do violão desafinar rapidamente diminuem!

Contudo, também faça questão de usar apenas cordas em bom estado. Às vezes uma afinação muito bem feita não irá se sustentar num material desgastado.

Se precisar troca-las, faça uma micro-afinação mais detalhada com as novas. Dependendo do tipo de madeira do violão, talvez elas precisem de um pouco mais de tempo para se adaptarem.

O que achou das nossas dicas de como afinar um violão?

Depois que dominar a técnica, você será mais capaz de identificar quando o instrumento está desafinado e poderá fazer alguns ajustes de próprio ouvido. Por isso, sempre preste atenção em cada som enquanto faz a afinação – com o tempo dá pra ficar craque!

Ah, vale destacar que no começo é sempre bom contar com alguém que vai te dar dicas e compartilhar boas experiências com você, não é mesmo? Por isso, confira as opções de aulas de violão aqui na Sala do Músico e deixe seu talento decolar!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *